segunda-feira, 26 de março de 2012

sexta-feira, 16 de março de 2012

“Engano seu achar que pode me ter quando quiser. Seu erro é se afastar e pensar que eu vou esperar você se aproximar. Independente do que eu sinto por você. Eu tenho amor próprio, e esse sempre tem que falar mais alto. Preciso amar a mim, antes de qualquer coisa. E se eu fosse você tomaria cuidado. Nessas suas idas e vindas. Uma hora você me perde, e outro alguém me ganha.”


quinta-feira, 1 de março de 2012

Entenda: eu não quis me apaixonar por você, mas se tivesse como escolher eu ainda escolheria tremer toda vez que você chega perto e sentir meu coração batendo a mil. Ainda escolheria dar sorrisos bobos, idiotas, quando você me diz alguma coisa. Eu ainda escolheria acreditar que você é um fofo - mesmo não sendo - toda vez que me defende de alguma coisa, toda vez que fica com raiva quando ele dá em cima de mim. Ainda escolheria nossas brincadeiras idiotas e a nossa timidez toda vez que nos vemos. Mesmo sofrendo ainda escolheria as noites que passei em claro, chorando, sabendo que você não me ama como eu te amo, pra poder acordar no outro dia sorrindo, com esperanças de que dessa vez tudo dê certo. Ainda escolheria suas qualidades, seus defeitos, sua falta de atitude… Ainda escolheria você.